Logo Compliance Station - Programa de Integridade

5 coisas que você precisa saber para implementar uma Cultura de Integridade no seu negócio

Solucione suas dúvidas sobre o tema “Cultura de Integridade” e saiba porque ela é importante para o crescimento e proteção do seu negócio.

Compartilhar:

Integridade

Você já ouviu falar em “Cultura de Integridade”? Tem alguma ideia do porquê esse tema é importante para o seu negócio?

Se ainda não, chegou a oportunidade de compreender o significado desse termo e descobrir os benefícios que a criação dessa cultura pode trazer para a sua empresa.

Boa leitura!

1. O que é Cultura de Integridade?

O termo “Cultura de Integridade”, no âmbito empresarial, se refere à criação de um ambiente de trabalho com regras claras e “consciência coletiva” sobre a importância do combate às irregularidades e desvios de conduta, que podem prejudicar tanto os colaboradores quanto o negócio.

Desse modo, a Cultura de Integridade baseia-se num conjunto robusto de normas, políticas internas, processos e ferramentas capazes de prevenir, detectar e corrigir as atitudes que desviam do “certo a ser feito”.

Constitui-se, assim, numa “estrutura organizacional” pautada pela ética e transparência, nas relações de trabalho, na condução de negócios e em todas as atitudes e decisões das pessoas.
Ou seja, a empresa e os colaboradores estão cientes da obrigação de se trilhar o caminho da integridade e dispostos a agirem de maneira alinhada aos princípios da Instituição.

2. Por que criar uma Cultura de Integridade?

Porque a integridade é um ingrediente essencial para o negócio prosperar e gerar vínculos sólidos de confiança e credibilidade com os seus públicos de interesse, para, desse modo, assegurar a sustentabilidade.

Atualmente, vivemos um momento histórico, com a sociedade e os consumidores cada vez mais conscientes e críticos! 

Um exemplo prático para ilustrar essa realidade é a edição 2022 do estudo Edelman Trust Barometer, onde se concluiu que os consumidores brasileiros passaram a confiar mais nas empresas engajadas com valores éticos e questões sociais, como o bem-estar econômico, a diversidade, a inclusão e a sustentabilidade.

  • No levantamento, 63% dos entrevistados no Brasil afirmaram “comprar ou defender marcas com base nos seus valores e crenças”.
  • 83% dos entrevistados também alegaram esperar que CEOs e presidentes de empresas participem de questões relacionadas à sociedade (e que influenciam nas políticas públicas do país).

Para o consumidor, já não bastam bons preços, qualidade e pós-venda: é preciso também estar alinhado a valores como a ética, a transparência e responsabilidade social

Nesse sentido, a Cultura de Integridade torna-se um fator decisivo para a sobrevivência das empresas que, para se manterem competitivas e “vivas” aos olhos dos clientes, necessitam “estar em conformidade” com o anseio da sociedade, pois tal fator é considerado crucial no momento de comprar ou contratar algum serviço.
Criar uma Cultura de Integridade, portanto, permite impulsionar a confiança dos potenciais clientes na sua marca/empresa, além de auxiliar na consolidação da “credibilidade competitiva” que o seu negócio precisa, frente ao mercado.

3. Como criar uma Cultura de Integridade no meu negócio?

Uma Cultura de Integridade eficiente e duradoura se constrói por meio da implementação de um Sistema de Compliance

Todas as empresas, independentemente do seu porte ou área de atuação, estão suscetíveis a ocorrência de problemas como fraudes, assédios, bullying, furtos, corrupção e outros tipos de condutas abusivas, que causam danos aos resultados, ao clima organizacional e aos colaboradores, de forma geral. 

Essa “vulnerabilidade” se dá porque as organizações são formadas por pessoas: pessoas diferentes entre si e movidas por interesses distintos.

Entre essas pessoas, sempre há a possibilidade de alguém desviar-se do “certo a ser feito” e acabar se envolvendo nas ilicitudes mencionadas há pouco.

A mitigação de riscos dessa natureza ocorre de maneira natural, resultado do efeito dos 3 pilares do Sistema de Compliance, como podem ser assim resumidos:

Prevenção

Um Compliance bem estruturado inicia pela identificação dos riscos relativos a desvios de conduta, irregularidades e ilicitudes e estabelecimento das medidas para evitar a ocorrência de tais riscos.

O próximo passo é a elaboração de um Código de Conduta e Políticas Internas pertinentes, de maneira a documentar as regras básicas a serem observadas, a fim de preservar a integridade no cotidiano. 
Assim, comunicação e treinamento estruturados levarão as informações relevantes a todas as pessoas da organização, com a finalidade de garantir alinhamento de conhecimento e sensibilização, por todos, acerca da direção a ser trilhada: a da ética e da integridade.

Detecção

Apenas prevenir não é o suficiente!

Mesmo com regras explícitas e bons treinamentos, ainda é possível que as condutas irregulares ocorram. E, quase sempre, elas ficam longe dos olhos da direção, escondidas, mas, produzindo efeitos danosos para a empresa e para as pessoas.

Por isso, é imprescindível disponibilizar um Canal de Denúncias, para viabilizar a detecção de tais desvios de conduta. Com ele, os próprios funcionários darão espontaneamente a contribuição para o Compliance prosperar, pois será consenso o benefício geral desse sistema.
Essa é a razão de se afirmar de maneira tão categórica: o Canal de Denúncias é o “coração” do Sistema de Compliance.

Correção

Uma vez detectada a irregularidade, o Sistema de Compliance propicia meios para corrigi-la e isso é fundamental fazer prontamente, a fim de estancar perdas, deixar de propagar atitudes antiéticas que destroem o ambiente de trabalho, entre outras.

Neste pilar, são aplicadas medidas corretivas, de melhoria e/ou até disciplinares, caso seja apurada má-fé ou descumprimento das regras estabelecidas na documentação interna e/ou nas legislações aplicáveis.

O sucesso do Compliance depende do apoio da Alta Direção da organização, pois seus membros são o exemplo a ser seguido. Somente assim, os 3 pilares cumprirão efetivamente seus papéis e a cultura de integridade será uma realidade.

4. Quais são os benefícios da criação de uma Cultura de Integridade?

  • Reduz a possibilidade de fraudes, furtos, roubos, uso indevido de ativos da empresa, etc., levando assim à redução considerável de custos.
  • Mitiga riscos de atitudes antiéticas no dia a dia, como assédios, bullying, discriminação, entre outros, gerando ou reforçando um ambiente de trabalho saudável, reduzindo absenteísmo, riscos trabalhistas e aumentando a produtividade. 
  • Melhora-se o clima organizacional, propiciando reter e atrair mais talentos.
  • Aumenta-se a rentabilidade da empresa, fruto de se transformar desperdícios e perdas em lucro, além da melhoria da produtividade.
  • Gera maior confiança, credibilidade e fortalece a imagem e reputação da empresa.
  • Posiciona melhor a empresa no mercado, aumentando, dessa maneira, a possibilidade de fechamento de parcerias comerciais, contratos com grandes empresas públicas e privadas, o que equivale dizer: aumenta-se a vantagem competitiva.

5. Como implementar um Sistema de Compliance?

A implementação do Sistema de Compliance efetivo pode parecer um desafio complexo, pois no passado, essa tarefa demandava conhecimento de alto nível, profissionais altamente capacitados, tempo e recursos, disponíveis apenas em grandes organizações ou em multinacionais.

Contudo, a boa notícia é que a realidade atual já é outra! Hoje, é possível implementar o seu Compliance de um jeito rápido, fácil e 100% digital, sem altos investimentos.

A Compliance Station implementa o Sistema de Compliance para você!

  • Não exige nenhum tipo de conhecimento prévio e é altamente intuitiva.
  • Gera o Código de Conduta de forma automatizada e customizada.
  • Implanta o Canal de Denúncias.
  • Conta com treinamentos, tutoriais e materiais de apoio (para usar com a sua equipe).
  • Permite que você implemente o seu Compliance no seu próprio ritmo e de acordo com as necessidades específicas do seu negócio.
  • Entre outras vantagens imperdíveis!

Para conhecer melhor essa plataforma, clique aqui.

Compartilhar:

Novidades

Programa de Integridade como se tornar um especialista

Programa de Integridade: como se tornar um especialista?

Adquirir a experiência e o conhecimento fundamental para implementar um Programa de Integridade não é mais um privilégio das grandes empresas. Conheça a solução tecnológica que vai transformar você em um especialista e garantir a integridade dos seus negócios.

Receba novidades

da Compliance Station

Receba o melhor do nosso conteúdo direto no seu e-mail.

Preencha seus dados para receber nossa news:

pt Portuguese
X