Logo Compliance Station - Programa de Integridade

Integridade de terceiros e parceiros comerciais: como se tornar uma Empresa Pró-Ética?

Neste artigo, você vai conhecer o que é o Pró-Ética e por que a supervisão de terceiros é importante para conseguir a certificação.

Compartilhar:

A integridade empresarial está se tornando uma prioridade para as empresas ao redor do mundo. Isso porque, ao adotar práticas éticas em sua operação, muitos benefícios se manifestam no dia a dia do negócio.

O Pró-Ética é uma iniciativa da Controladoria-Geral da União (CGU), que fomenta a aplicação voluntária de medidas de integridade nas empresas privadas.

Dessa forma, é possível fomentar uma cultura de ética e transparência por meio do reconhecimento e premiação das organizações que se destacam nesse compromisso. 

Essa avaliação acontece a cada dois anos, por isso as empresas interessadas em ganhar o Selo Pró-Ética precisam se inscrever ainda em 2024, acessando o site da iniciativa.  

O que é o Pró-Ética?

O Pró-Ética funciona como um mecanismo de autorregulação que incentiva as empresas a adotarem práticas de governança que sejam transparentes e responsáveis.

Quando participam do programa, elas têm a oportunidade de avaliar as suas políticas e procedimentos internos, além de identificar as áreas de melhorias e implementar medidas eficazes para promover a integridade em todos os níveis da organização. 

Em resumo, o Pró-Ética tem os seguintes objetivos:

  • Fomentar a implementação de medidas para promover a ética e a integridade nas empresas privadas;
  • Conscientizar essas empresas sobre o seu papel no combate à corrupção;
  • Reduzir os riscos de fraude e corrupção nas relações entre os setores público e privado;
  • Reconhecer a voluntariedade na adoção das práticas de ética e integridade nas organizações.

Desde a sua reestruturação, em 2014, o Pró-Ética vem crescendo em aprimoramento e valorização, com a intenção de se tornar uma forma definitiva de referência para aqueles que buscam uma sociedade com relações mais éticas, íntegras e com competência. 

Em 2023, 84 empresas foram contempladas com o Selo, gerando reconhecimento público e publicidade positiva para a imagem das organizações.

Supervisão de terceiros na avaliação do Pró-Ética

Um dos pontos mais importantes do regulamento que estabelece a pontuação para o Pró-Ética é a supervisão de terceiros, na área VII – Diligências para contratação e supervisão de terceiros

Por terceiros, entendemos os parceiros de negócios, que são revendedores, distribuidores e fornecedores, por exemplo. 

Para pontuar nessa questão, é necessário que, na diligência realizada pela empresa contratante, conte-se com algumas políticas e procedimentos que:

  • determinam a verificação de um possível envolvimento do terceiro em casos de corrupção e fraude;
  • determinam a verificação de existência de pessoas (além de seus familiares, colaboradores e empresas) expostas politicamente;
  • determinam a verificação da existência de programas de integridade implementados nos terceiros;
  • preveem a classificação de contratos por categoria de risco;
  • preveem a realização de diligências apropriadas nos terceiros em casos de parcerias, consórcios, associações, joint ventures, etc.;
  • favorecem a contratação de terceiros que apresentam baixo risco de integridade;
  • indicam a forma e a periodicidade de supervisão de terceiros após a contratação;
  • entre outras formas de avaliação. 

Supervisionar os terceiros é essencial para garantir que eles compartilhem os valores e compromissos da sua organização. Afinal, empresa íntegra só se relaciona com empresa íntegra

Isso vai muito além da seleção criteriosa de fornecedores e prestadores de serviços. Também é necessário implementar mecanismos de monitoramento contínuo, para garantir a conformidade com os padrões que foram estabelecidos. 

Além de mitigar riscos para a empresa, essa medida também contribui para a construção de uma reputação corporativa mais sólida e confiável, fortalecendo relações com stakeholders, clientes e a sociedade em geral. 

Mecanismo de Integridade nos parceiros de negócios

Como vimos, conquistar o Selo Pró-Ética exige a supervisão de terceiros. Porém, isso vai muito além do monitoramento das suas operações.

Verificar se existe um Programa de Integridade implementado na operação do parceiro é um dos pontos de análise. Por isso, é essencial manter no radar a sua cultura organizacional e o compromisso com a ética e a integridade.

Quando há um Mecanismo de Integridade implementado, o risco de condutas antiéticas é reduzido, fortalecendo toda a cadeia de valor. E para essa tarefa, muitas empresas contam com o apoio da tecnologia

As ferramentas de monitoramento automatizado e análise de dados podem ajudar a identificar e avaliar potenciais riscos de integridade, bem como garantir a conformidade contínua com os padrões estabelecidos. Elas aumentam a eficácia e fortalecem a capacidade de detectar e prevenir possíveis irregularidades. 

Construindo uma Rede de Integridade

A Rede de Integridade da Compliance Station fomenta o agir correto em cada ponto da rede de relações, protegendo todas as empresas que estão no ciclo de negócios.

Por meio da plataforma online da Compliance Station, é possível criar uma cadeia de suprimentos mais íntegra, que fornece:

  • Avaliação de riscos dos fornecedores de forma automatizada;
  • Plano de ação que é gerado pela plataforma;
  • Campanha de comunicação completa para ser utilizada pelos parceiros;
  • Plataforma de acompanhamento do progresso do Compliance nos parceiros;
  • Equipe técnica de monitoramento e apoio para o desenvolvimento do Compliance nos parceiros. 

Com a Rede de Integridade, você garante que a sua empresa esteja apta a receber o Selo Pró-Ética.

Conclusão

O Pró-Ética desempenha um papel muito importante na promoção da integridade empresarial, já que a iniciativa incentiva as empresas a adotarem práticas éticas nas suas operações de forma voluntária.

A cada dois anos, essas empresas são avaliadas e reconhecidas pelo Selo Pró-Ética, que proporciona reconhecimento público de comprometimento às práticas de integridade e publicidade positiva para as empresas premiadas. 

Dentre os tópicos de avaliação, a supervisão de terceiros tem um papel crucial. É ela quem auxilia as empresas a reduzirem os riscos associados à terceirização e manterem os altos padrões éticos em suas relações comerciais. 

Para isso, certificar-se de que as empresas parceiras contam com um Mecanismo de Integridade é a solução. E com o apoio da Rede de Integridade da Compliance Station, essa tarefa não é um desafio. 
Quer saber mais sobre como implementar esse projeto para criar uma cadeia de suprimentos mais íntegra e concorrer ao Selo Pró-Ética? Fale agora com um de nossos especialistas.

Compartilhar:

Receba novidades

da Compliance Station

Receba o melhor do nosso conteúdo direto no seu e-mail.

Preencha seus dados para receber nossa news:

pt Portuguese
X