Logo Compliance Station - Programa de Integridade

Como o Compliance aumenta a competitividade da sua empresa?

As Redes de Integridade protegem empresas-matriz, parceiros e fornecedores de irregularidades e desvios. Entenda quais são as vantagens competitivas associadas!

Compartilhar:

Muito mais que um mero cumprimento de regras, o Compliance é um Sistema de Gestão.

As necessidades desse sistema têm ficado cada vez mais claras à medida que o mundo inteiro experimenta uma virada de postura em relação à corrupção e à tolerância a atividades irregulares nas organizações.

Atualmente, a integridade e a transparência são valores exigidos pela sociedade, pelos consumidores, clientes e, mais recentemente, pela legislação de vários países.

Neste artigo, vamos analisar como anda o cenário do Compliance atualmente, e entender melhor a importância do Mecanismo de Integridade para fornecedores e parceiros, aumentando a competitividade da sua empresa.

Vamos começar?

Boa leitura!

Cenário do compliance

Nós seguimos batendo nessa tecla: Compliance não é apenas para “cumprir leis”, não é só para “grandes empresas” e, no final das contas, não sai tão caro quanto as consequências de não tê-lo na organização.

O Compliance é um Sistema de Gestão que potencializa os resultados de uma empresa, melhorando o ambiente de trabalho, reduzindo riscos, aumentando a reputação e criando grande vantagem competitiva.

Quando promulgada a Lei 12.846, em 2013, também conhecida como Lei Anticorrupção ou Lei da Empresa Limpa, essa noção chegou ao contexto brasileiro: ter compliance é ir além do combate à corrupção.

Na verdade, o sistema é baseado na criação de uma cultura organizacional em que o foco é fazer o certo, sempre.

Assim, o foco do Compliance é essa disposição e postura de cada componente da empresa, que tem como resultado a prevenção de irregularidades e o combate a crimes empresariais.

O objetivo é a integridade e a transparência nas organizações, que levam naturalmente a processos mais eficientes a longo prazo e uma reputação mais duradoura.

No mundo inteiro, essa tendência tem ganhado cada vez mais espaço.

O Supply Chain Act e uma Diretiva Europeia estabeleceram procedimentos de integridade para suas empresas, como a obrigatoriedade de um Canal de Denúncias e de que empresas com mais de mil funcionários só se relacionem com empresas íntegras (que possuem ESG ou Compliance).

No Brasil, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tornou o Compliance um requisito para financiamentos.

Muitas vantagens acompanham as empresas que se dedicam ao compliance e cumprem essas novas diretivas:

  • aumento da capacidade de fornecimento para grandes empresas
  • facilidade de acesso a linhas de crédito
  • critério de desempate em BIDs e aumento de participação em licitações.

Nesse cenário, uma nova condição é entendida como pilar do sustento e da expansão do compliance: a rede de integridade.

Importância do Mecanismo de Integridade para fornecedores e parceiros

A avaliação concreta e direta da integridade de uma empresa só pode ser feita a partir das pessoas. Dizer que uma empresa “é íntegra” ou “é ética”, é uma figura de linguagem.

No final, é a atitude de cada pessoa que age pela empresa que determinará a sua integridade.

Como seria complexo demais realizar uma avaliação dessa forma, precisamos de um artifício para estabelecer se uma empresa é íntegra: são os Mecanismos de Integridade.

“Um mecanismo de integridade é um sistema, um instrumento ou ferramenta que leve à integridade” (Wagner Giovanini, em podcast¹). Ele serve para que o Compliance funcione numa organização.

Na prática, o mecanismo se sustenta em quatro pilares interdependentes:

  • O dono deve fazer o certo (“Tone at the Top” e “Walk the Talk”): o dono, diretor, presidente da empresa deve querer fazer o certo, independentemente de leis, controles e normativas. Fazer o certo deve ser um valor para ele, que estabelecerá o tom das atitudes e comportamentos, e servirá como exemplo.
  • Compreensão pelas pessoas da empresa: sabendo o que é o certo a se fazer, o dono deve saber comunicar e mostrar às pessoas a direção a ser seguida. Cem por cento (100%) das pessoas que compõem a empresa devem compreender esse caminho.
  • Canal de Denúncias: deve estar presente porque força as pessoas a entender o que são as irregularidades (para não cometê-las), e permite que os desvios testemunhados sejam encaminhados para o Comitê de Ética, apurados e, assim, combatidos.
  • Compromisso em apurar as denúncias: não adianta uma empresa ter um Canal de Denúncias e não apurar os relatos que chegam! Para que todo o mecanismo funcione, deve haver consequências para toda e qualquer irregularidade denunciada.

É avaliando a presença desses quatro pilares que se pode determinar um bom Mecanismo de Integridade numa empresa.

Entretanto, nós sabemos que raramente uma empresa funciona sozinha: em geral, empresas se relacionam uma com a outra, através da cadeia de suprimentos, fornecedores e parceiros.

Se uma empresa nunca está sozinha, será que faz sentido existir o mecanismo de integridade em uma, e não nas outras?

Não pode ser!

Da mesma forma que desconfiamos com razão de alguém que se relaciona com uma pessoa antiética, espera-se que uma empresa íntegra só se relacione com empresas íntegras.

A Rede de Integridade é a presença do mecanismo de integridade na empresa-matriz, e também para parceiros e fornecedores.

É uma iniciativa de educação, de construção da comunidade, de fomento de valores éticos não só dentro da “empresa-matriz”; mas fazer com que toda cadeia de valor siga estes valores. O que gera como consequências:

  • assegura processos lícitos
  • evita prejuízos financeiros
  • preserva a rede de choques reputacionais

Dessa forma, todas as empresas que têm relações de parceria ou fornecimento com a empresa matriz também seguem a mesma linha ética, os mesmos critérios de funcionamento quanto à integridade e transparência.

Aumentando a competitividade da sua empresa

Se uma empresa-matriz possui um mecanismo de integridade funcionando bem, mas acaba se envolvendo com uma empresa corrupta ou antiética, as duas serão associadas e culpabilizadas da mesma forma.

Não raro a empresa-matriz fica sob os holofotes da mídia quando um escândalo ocorre.

A Rede de Integridade é, dessa maneira, uma tendência e uma exigência crescente no mundo corporativo, que parte do entendimento que a integridade deve estar em cada etapa das atividades das organizações.

Essa é a melhor maneira para garantir a ética e a integridade e expandir o Compliance cada vez mais.

Como consequência, temos a proteção da empresa e das suas relações, tornando-a mais aberta para negócios, atraindo mais clientes, melhores parcerias, e aumentando, assim, a competitividade da sua empresa.

A Rede de Integridade da Compliance Station

A Compliance Station tem uma solução inovadora para essa questão.

Se em algum momento do passado foi verdade que Compliance era só para grandes empresas, nossa solução vem para acabar com essa limitação.

Temos uma tecnologia que facilita a implementação do Mecanismo de Integridade para os fornecedores e parceiros, e com o acompanhamento da empresa-matriz.

É a Rede de Integridade da Compliance Station.

Com ela, você pode estimular e facilitar o acesso das suas empresas parceiras ao Compliance, através da nossa plataforma.

Tudo no nosso sistema é pensado para facilitar e acelerar o processo de implementação do mecanismo de integridade. Isso com o Canal de Denúncias incluso e com um preço muito acessível!

Portanto, transforme a realidade da sua organização com a Compliance Station:

  • protegendo seus colaboradores, sua marca, seus parceiros e fornecedores; e
  • tornando sua empresa ainda mais produtiva, lucrativa e sólida no mercado./
  • auxilia nos resultados.

Sua empresa poderá ter um Compliance em pleno funcionamento em aproximadamente 60 dias, aumentando a competitividade e melhorando seus resultados.

Conclusão

Empresa íntegra só se relaciona com empresa íntegra.

Essa é uma tendência e uma exigência cada vez mais forte no cenário corporativo no mundo inteiro.

Os mecanismos de integridade nos ajudam a avaliar se uma empresa tem atitudes éticas, transparentes e íntegras, e eles devem estar presentes também nos parceiros e fornecedores que se relacionam com a empresa-matriz.

A Compliance Station fornece a solução ideal para essa demanda: facilitamos e aceleramos o processo de implementação do mecanismo de integridade para os seus parceiros!

Crie a sua Rede de Integridade de forma automatizada e simplificada numa plataforma 100% digital.

Vamos te acompanhar em todo o processo e auxiliar na implementação em cada etapa.

Preencha o formulário ao lado e fale com um de nossos especialistas para conhecer os nossos produtos!

Referências

  1. Wagner Giovanini (Episódio 003 – Mecanismo de integridade na prática).

Compartilhar:

Receba novidades

da Compliance Station

Receba o melhor do nosso conteúdo direto no seu e-mail.

Preencha seus dados para receber nossa news:

pt Portuguese
X