Logo Compliance Station - Programa de Integridade

Que tipos de problema você pode evitar com um Programa de Integridade?

Entenda como a ESG e um programa de integridade fortalecem as bases da sua empresa e evitam problemas.

Compartilhar:

A sigla ESG, “Environmental, Social and Governance”, com tradução livre para o Português “Ambiental, Social e Governança”, é um conceito do mundo organizacional relativo às práticas de gestão ambiental, questões ligadas a aspectos sociais e de governança corporativa de uma empresa.

É uma ideia que surgiu em 2004 e está diretamente ligada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) do Pacto Global.

O ESG possui, como o nome indica, três pilares principais. Mas, do que trata exatamente cada um deles?

I – Environmental (Ambiental): uso de recursos naturais, emissão de carbono e outros poluentes, melhoria da eficiência energética, gestão de resíduos e poluição em geral.

Hoje, o compromisso com as questões ambientais é esperado de todas as organizações — não somente das que lidam diretamente com a questão em seu ramo de trabalho.

II – Social (Social): aqui estamos tratando sobre o engajamento com questões sociais atualmente em pauta: diversidade, inclusão, garantia de direitos aos trabalhadores, relações com clientes, fornecedores, comunidade e sociedade, etc.

Cada vez mais valorizado, tanto por clientes quanto por investidores, este ponto tem recebido atenção crescente das empresas, que querem garantir o reconhecimento da marca aliado à responsabilidade e ética da organização.

III – Governance (Governança): trata-se da lisura e boa condução quanto às esferas da administração e gestão, diversidade e autonomia do conselho, políticas de remuneração e, em geral, quanto à transparência e ética da organização, em seu âmbito financeiro, de comunicação e informações, e na relação com os órgãos fiscais.

Esses três pilares do ESG relacionam-se diretamente com um Programa de Integridade, para qualquer organização. Dessa forma, para defini-lo, é preciso considerar todos esses aspectos, em seus mínimos detalhes e em sua aplicação prática.

Vamos entender com mais detalhes: o que é um Programa de Integridade e quais problemas eles podem evitar para a sua organização.

O que é um Programa de Integridade?

Um Programa de Integridade abrange a cultura organizacional, seus princípios, ética e valores. 

É composto por um conjunto de documentos, como código de conduta, políticas e procedimentos, ferramentas, processos e diversas práticas de gestão, criados com o intuito de manter a integridade, evitar ilicitudes, irregularidades e desvios de conduta, como corrupção, suborno, fraudes, discriminação, assédio, furtos, conflito de interesses, entre outros.

O Canal de Denúncias constitui elemento fundamental, pois, além de ser o instrumento mais efetivo na detecção de tais desvios, permite aos colaboradores participarem diretamente da prevenção e detecção dos problemas habituais no cotidiano da organização.

Uma empresa que nutre as práticas ESG compromete-se com a sustentabilidade e responsabilidade social e um Programa de Integridade é uma ferramenta importante para garantir que esse compromisso seja colocado em prática.

Para isso, o Programa de Integridade deve considerar todas as dimensões do ESG e incorporá-las em suas políticas e práticas. 

Por exemplo: um Programa de Integridade pode incluir medidas para monitorar e reduzir o impacto ambiental da empresa, promover a diversidade e inclusão na força de trabalho e garantir que a governança corporativa seja transparente e responsável.

Além disso, estabelecer um Programa de Integridade fortalece a reputação da empresa e ajuda a atrair investimentos sustentáveis.

Investidores e consumidores cada vez mais exigem que as empresas sejam responsáveis e éticas em relação às suas práticas ESG, e um Programa de Integridade bem-sucedido é uma evidência clara desse compromisso.

Em resumo, a relação entre ESG e um Programa de Integridade é muito forte, ambos se complementam e trazem como propósitos a segurança para as empresas trabalharem com ética, transparência e responsabilidade.

As empresas que adotam práticas ESG e implementam Programas de Integridade sólidos são mais propensas a prosperar no longo prazo e contribuir para um futuro mais sustentável.

Problemas evitados com um Programa de Integridade

Dessa maneira, instituir um Programa de Integridade irá evitar muitos problemas que, numa organização sem esses parâmetros, tornam-se corriqueiros e muito difíceis de resolver no caso a caso.

Veja alguns desses problemas, que um Programa de Integridade bem estruturado ajuda a evitar:

  • Fraudes e corrupção: práticas fraudulentas e corruptas, como fraudes contábeis, financeiras e em concorrências, desvios de recursos, pagamentos de propina e suborno, entre outros. Isso gera grandes perdas financeiras, perda de confiança dos colaboradores e parceiros comerciais e, quando esses atos são flagrados, um risco gigantesco de extinção. 
  • Conflitos de interesses: situações em que os interesses pessoais dos colaboradores são colocados à frente dos interesses da empresa, como contratações irregulares, favorecimento de fornecedores e uso indevido de informações confidenciais.
  • Violações de leis e regulamentações: enorme conjunto de leis e regulamentações aplicáveis à empresa que precisam ser cumpridas, como normas trabalhistas, ambientais, tributárias, concorrenciais, etc. A não observância da legislação pode levar a multas, processos judiciais, sanções diversas e vários prejuízos, como de imagem da marca e das pessoas envolvidas.
  • Perda de reputação: a reputação é o maior ativo de uma empresa que, se abalada, pode decretar até a sua extinção do mercado, cada vez mais exigente. Além das questões legais, atitudes discriminatórias, racistas, corruptas, fraudulentas, entre outras, expõem a marca a ataques em redes sociais, perda de confiança dos clientes e consumidores e muitos outros prejuízos, talvez jamais esquecidos.
  • Impactos sociais e ambientais: toda ação humana ou empresarial gera algum impacto social e/ou ambiental. Entretanto, os impactos negativos estão sendo objetos de repulsa progressiva por parte do mercado. Além do atendimento legal, as exigências em prol da proteção ambiental e de ações em favor da melhoria de vida das pessoas, da sociedade e das relações no trabalho são crescentes. A falta de iniciativas nessa direção pode acarretar não apenas perda de negócios no curto prazo, mas a admissão de riscos inaceitáveis nos dias atuais.

É preciso lembrar que apenas apegar-se a ideais de ética e integridade não é suficiente para tornar uma organização íntegra, muito menos servir de estímulo para os colaboradores agirem em sintonia com tais princípios no cotidiano.

O Programa de Integridade, por sua vez, irá organizar, sistematizar e colocar os ideais em prática, promovendo uma cultura empresarial sadia, incentivando os funcionários e parceiros a terem atitudes corretas e protegendo todos, contra os perigos inerentes ao ambiente corporativo.

Esse é um caminho das boas relações com investidores, sociedade, autoridades,  clientes, fornecedores e todas as pessoas que possam ter alguma ligação com a empresa. Em outras palavras, é a receita da sustentabilidade dos negócios.

Por isso, se sua empresa ainda não tem um Programa de Integridade e um Canal de Denúncias, acesse o link abaixo e comece agora a transformar a sua organização.

Compartilhar:

Novidades

Novidades

Receba novidades

da Compliance Station

Receba o melhor do nosso conteúdo direto no seu e-mail.

Preencha seus dados para receber nossa news:

pt Portuguese
X